O SISTEMA IMUNITÁRIO: UMA FORÇA DA NATUREZA

 

sistema imunitário

 

Vivemos cercados de potenciais invasores e de um número incontável de ameaças externas, algumas extremamente perigosas para a vida e até mesmo mortais como é o caso da invasão pelo COVID-19 a que a humanidade tem estado sujeita nos últimos meses.

A poluição, o uso e abuso de químicos e as consequentes alterações climáticas são apenas um pequeno exemplo de muitos dos fatores que, certamente, contribuirão para o risco de aumento dessas ameaças externas. Na verdade, a toxicidade do meio ambiente, onde estamos mergulhados, favorece o desenvolvimento de outras formas de vida como bactérias, vírus, fungos ou outros micro-organismos que poderão estar na origem de um elevado índice de mortalidade.

Mas, se por um lado, o ser humano está exposto a estas agressões externas, felizmente, por outro lado, ele é dotado de mecanismos de defesa que, em ótimas condições, poderão defendê-lo dos agressores e preservar a vida.

Nos finais do século XIX, Claude Bernard, considerado o primeiro grande fisiologista, falava, pela primeira vez no conceito de “Meio Interno” e em “Homeostase”, isto é, o meio externo é importante, mas não absolutamente determinante. Existe um meio interno, onde as nossas células estão mergulhadas que, em equilíbrio, nos ajuda a manter a saúde, independentemente do fator ou  da agressão externa.

Isto significa que um meio interno extremamente acidificado reúne as condições favoráveis à invasão de quaisquer tipos de patogenos. Ao contrário, um terreno alcalino previne a inflamação e não oferece ao micro-organismo as condições necessárias ao seu desenvolvimento.

 

O que torna o nosso meio interno ácido?

 

  • A alimentação constitui um dos maiores riscos de acidificação do organismo. O excesso de proteína animal, as bebidas açucaradas, refrigerantes, açúcares, farináceos, alimentos processados e pré-fabricados, fast food, entre outros, estão no topo da lista.
  • O stresse produz inúmeras alterações internas e leva à produção de radicais livres que estão na origem de inúmeras doenças crónicas
  • A Vida sedentária e a falta de exercício físico que conduzem à obesidade
  • O turbilhão de pensamentos diários que altera os níveis hormonais e forçam o organismo a uma luta diária constante, reduzindo as defesas e enfraquecendo o Sistema Imunitário.
O papel do sistema Imunitário

O S.I. é o grande responsável pela defesa do nosso organismo contra patógenos, como bactérias, vírus, fungos, protozoários, eliminação de células cancerígenas ou outros elementos estranhos e prejudiciais ao organismo.

O seu bom estado é um fator fundamental para prevenir e combater doenças, sejam de origem endógena ou exógena.

O sistema Imunitário é altamente complexo e especializado. Dele fazem parte diferentes tipos de células, especialmente as do sangue, órgãos e tecidos, como os adenoides, as amígdalas, o timo, o baço, o apêndice, vasos e gânglios linfáticos, que se encontram distribuídos por todo o  corpo. Fazem ainda parte do sistema linfático, a placa de Peyer, a Medula óssea e os vasos sanguíneos que incluem as veias, as artérias e os capilares, através das quais flui o sangue.

A nossa vida depende, portanto, da saúde do Sistema Imunitário

 

Como manter o nosso sistema de defesa saudável?

 

Alguns conselhos a seguir:

  • Uma alimentação equilibrada: Hidratos de carbono de absorção lenta que encontramos nos alimentos integrais para fornecer a energia necessária às células; proteína de origem vegetal; alimentos fermentados, entre outros
  • Beber água em quantidade suficiente e de boa qualidade
  • Consumo apropriado de vitaminas antioxidantes, especialmente a vit. A, C e E
  • Bom equilíbrio nutricional de minerais e oligoelementos como o Ferro, selénio, o Zinco, o magnésio
  • Controlar o stresse já que ele é o responsável por grandes alterações funcionais e fisiológicas
  • Ter um sono reparador de cerca de 8 horas, já que algumas enzimas se produzem apenas durante o sono, nomeadamente, a lipase, conhecida como enzima da saciedade
  • Eliminar, devido ao efeito nocivo sobre o organismo, químicos, conservantes, corantes, alimentos pré-cozinhados

Recorde também que um corpo são, necessita de uma mente sã. Pratique exercício, Ioga, meditação, aproveite momentos e pausas para relaxar o corpo e a mente, de preferência, ao ar livre.

Somente desta forma, o organismo conseguirá manter a homeostase  e o  sistema Imunitário estará apto a protegê-lo de todas as agressões externas.

Cuide do seu Sistema Imunitário, ele cuidará de si!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *